Order out of Chaos.Primeiro dividiram para reinar,agora do caos sairá a nova ordem.'Os fins justificam os meios' é também um dos seus motos. http://senhoresdomundo.blogspot.com/2005/06/os-senhores-do-mundo.html

Tuesday, July 05, 2016

Suicídio Europeu

"À semelhança de Joe(que representa o trabalhador industrial americano),milhões de americanos de meia-idade perderam a narrativa da sua vida,sentem-se derrotados,sentem-se a mais.Não por acaso,os EUA estão a ser varridos por uma epidemia de suicídios.A distopia leva ao suicídio e,antes disso,ao voto em Trump.Ora,o eleitorado do "Brexit" é idêntico ao eleitorado do Trump.O norte de Inglaterra está repleto de homens como Joe Six Pack e,sem surpresa,também mergulhou na catástrofe do suicídio.Se à distopia da globalização juntarmos a questão islâmica e o politicamente correcto que vê "racismo" em qualquer crítica aos muçulmanos,ficamos com as causas do voto no "Brexit".O jovem londrino isola-se no seu iphone,no seu mural,nas suas músicas,não vai à igreja e até rejeita a ideia de pátria.Vai mais facilmente a Paris do que a Leeds,despreza os compatriotas do norte e,ao mesmo tempo,aceita a chantagem do politicamente correcto,que considera "racista" qualquer crítica aos muçulmanos.É por isso que desconfio do cosmopolitismo postiço desta geração.Nunca poderemos amar a Humanidade se desprezamos nossos compatriotas."----------do artigo "Suicídios" de Henrique Raposo de 3 de Julho de 2016------------------------------------------------------------------------"A ideologia modernista,que nos impregna de abertura,de nomadismo,de cosmopolitismo,no melhor dos casos recusa ver o problema,no pior dos casos desqualifica-o,falando de "comportamento conservador".O "cosmopolitismo global" é um logro que diz respeito a uma pequena elite,aquela que viaja e acede aos mesmos meios de comunicação social,que partilha os mesmos hábitos e as mesmas práticas culturais,em suma,um "cosmopolitismo de aeroporto". É preciso ter atenção para não confundir este pequeno meio(elitista),ainda que seja muito visível,com o resto do mundo.De qualquer modo há um paradoxo: este próprio meio,que não deixa de estigmatizar as identidades de "outra época" e de enaltecer as virtudes da mestiçagem,é na realidade,muito identitário e está muito atento aos seus previlégios.O que diria ele se fosse obrigado a mudar?Há dois pesos e duas medidas: por um lado,os que falam das virtudes do cosmopolitismo são,evidentemente,os que beneficiam com o movimento da globalização; por outro,os que sofrem as consequências criticam-no e,para resistir,interessam-se mais pelo lado das identidades culturais e nacionais. Esta ideologia do "cidadão mundial" é realmente a das pessoas da "alta",daqueles que têm uma identidade bem construída e podem "caçar furtivamente" à direita e à esquerda,sem recearem ser desestabilizados. As elites são globalistas,e os povos,naturalmente,são nacionalistas.O que está em causa é este estatuto "de vanguarda" com que se enfarpelam as elites,e como este elitismo não foi posto em causa,com a democratização e a cultura de massas nos anos 60(nota deste blogger: e não foi porque a democracia e a cultura de massas são manipuladas pelas ditas elites),ele é,na época da globalização,ainda mais arrogante."---------------------------------------Dominique Wolton in A Outra Globalização,livro de 2003-------------------------------------------"Quando falamos de poderes fortes,como as poderosas instituições globais,não pretendemos incluir neles todos os membros que lhes estão associados,mas os poucos que subjugam milhares de filiados que acreditam na bondade dos "mestres". Atraídos pelo poder,pelo lucro,ou por um emprego bem remunerado,centenas de milhares de associados e empregados nas instituições mundiais(Onu,UE etc)convergem e permanecem sob o controlo de poucas pessoas que,sem nunca revelarem as suas reais intenções,dirigem várias lojas secretas e lobbies poderosos manipulando muitos políticos(da esquerda à direita). A mentira é a arma principal. Os poderes (globalistas) ocultos controlam também os média mais populares do mundo,perseguindo um único objectivo final: uma nova ordem mundial que estabeleça um único dogma económico,moral,social,cultural e espiritual.----------- In Governados Pela Mentira-O suicídio do cristianismo e do Ocidente (livro de 2013)--------------------------------------------Actualização em Setembro 2016: Nesta altura que se fala muito do sr Barroso no goldman sachs convém lembrar aqueles que sairam do dito Banco e entraram na UE e nos governos nacionais europeus https://artedeomissao.wordpress.com/2012/06/03/goldman-sachs-de-olho-nas-nossas-privatizacoes/

8 Comments:

Blogger Bilder said...

Eu não sou daqueles que segue cegamente seja quem for,muito menos jornalistas,mas estou sempre pronto a concordar ou discordar de qualquer texto ou discurso venha de onde vier,daí ter dado relevância a tal artigo visto que poucos hoje em dia "fogem" ao politicamente correcto e colocam as perguntas(incómodas)que são necessárias,e Henrique Raposo(de cujos artigos discordo muitas vezes) colocou questões que os média em geral andam a evitar colocar como sabe qualquer leitor/telespectador/ouvinte lúcido e atento.

2:46 AM

 
Blogger Bilder said...

video sobre o brexit(filósofo britânico) https://www.youtube.com/watch?v=7wV9Y1D6x9k

3:36 AM

 
Blogger Bilder said...

Mais um ataque bombista(depois do machado no comboio e do de Munich) http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=835088 agora dizem que são "doentes mentais" como se os islamicos não o fossem. (24-07-2016)

3:12 AM

 
Blogger Bilder said...

check https://historiamaximus.blogspot.pt/2016/08/desta-vez-os-fascistas-vao-vencer.html

3:02 AM

 
Blogger Ricardo Amaral said...

"É por isso que desconfio do cosmopolitismo postiço desta geração.Nunca poderemos amar a Humanidade se desprezamos nossos compatriotas." (do post acima)----completamente certo.

3:57 AM

 
Blogger Rick said...

As Raízes Revolucionárias da ONU
www.espada.eti.br/onu.asp
26 de jan de 2006 - As mentes radicais que estão por trás da Nova Ordem Mundial criaram um projeto socialista e totalitário de abrangência global.

2:22 AM

 
Blogger Bilder said...

Sim,um projecto totalitário,mas sempre apresentado como "humanista".Vejamos (livro previsto para sair em 2019) http://governofederalistamundial.blogspot.pt/2015/12/introducao-ao-livro-unicracia-o-desafio.html

2:34 AM

 
Blogger Bilder said...

"São raros os intelectuais,jornalistas ou políticos do centro-esquerda ou centro-direita com coragem para apresentar um discurso sofisticado e crítico sobre negros e muçulmanos.Esta coisa do politicamente correcto é sinistra.Como é que saímos desta tenaz formada pela ditadura cultural do politicamente correcto e pela crescente contra-resposta nacionalista de Trump e Le Pen?"------------------------------------------------------Henrique Raposo na revista do Expresso de 01/10/2016

2:54 AM

 

Post a Comment

<< Home